Todos na RedeDivulgação e sensibilização para a preservação das Zonas de Proteção Especial e dos Sítios de Importância Comunitária

A campanha de comunicação “Todos na Rede (Natura 2000)” decorreu entre setembro e novembro de 2019, tendo como objetivos informar, sensibilizar e promover a participação e responsabilização das comunidades escolares para a preservação das Zonas de Proteção Especial (ZPE) e dos Sítios de Importância Comunitária (SIC), com um compromisso de desenvolvimento sustentável e ações diretas, individuais e coletivas.

Destaca-se o envolvimento direto de 2074 alunos nas sessões de educação ambiental e de 158 professores do ensino pré-escolar ao ensino secundário. De forma indireta, contou-se com a participação de 1384 alunos no projeto Keepers e nas X Jornadas do Ambiente, Energia e Alterações Climáticas.

As escolas que participaram nas sessões de educação ambiental pertencem aos concelhos de Águeda, Albergaria-a-Velha, Caminha, Coimbra, Espinho, Esposende, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Ovar e Viana do Castelo.

 Entidades financiadoras

Conhecimento

Dar a conhecer as ZPE e SIC de Portugal Continental à comunidade escolar e população em geral, através de jogos, exposições e concursos de fotografia.

Envolvimento

Mobilizar os alunos e professores na participação em eventos de comunicação e sensibilização sobre as ZPE e SIC de Portugal Continental.

Redes

Estabelecer uma rede de entidades locais e outras partes interessadas de forma a promover a curiosidade, o interesse, a participação cívica e visitas aos locais estabelecidos como ZPE e SIC.

Disseminação

Promover a disseminação das atividades e projetos ao longo do Plano de Comunicação “Todos na Rede (Natura 2000)” através dos canais de comunicação definidos neste plano.

Conteúdos personalizados

Comunicar de forma adequada e linguagem adaptada a cada grau de ensino sobre as ZPE e SIC.

Cidadania

Fomentar comportamentos em prol do ambiente, da conservação da biodiversidade, ecossistemas, preservação de tradições culturais em equilíbrio com o meio envolvente.

Espírito de equipa

Desenvolver o trabalho em equipa.

Atividades realizadas

E-book

O e-book foi criado pelos alunos do pré-escolar do CSPVC – Centro Social Paroquial da Vera Cruz (Aveiro), onde constam 7 contos sobre as ZPE/SIC do projeto “Todos na Rede (Natura 2000)”. Alguns dos alunos foram visitar: o Paúl de Arzila, Barrinha de Esmoriz, Centro de Interpretação Ambiental de Mira, Pateira de Fermentelos para conhecerem mais de perto os habitats, a fauna e a flora dos locais. O e-book está disponível AQUI.

Jogo de Dominó

As peças para o jogo de dominó foram desenvolvidas pelos alunos de carpintaria do CASCI- Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo (alunos com necessidades educativas especiais), que cortaram e lixaram as peças de madeira.

Este jogo integra imagens de exemplares de fauna e flora existentes nas ZPE/SIC abrangidas pelo projeto, em vias de extinção ou vulneráveis:

  • um mamífero: lobo ibérico;
  • uma ave: garça-vermelha;
  • um réptil: lagarto-de-água;
  • um anfíbio: rã-de-focinho-pontiagudo;
  • um peixe: lampreia-marinha;
  • uma planta: camarinha;
  • um inseto: vaca-loura.

Deste modo, pretendeu-se desenvolver competências associadas ao trabalho em equipa, atividades promotoras da resistência física (ao ar livre), o conhecimento de espécies de outras regiões do país bem como estimular a curiosidade dos alunos.

       

O saco para guardar os jogos de dominó, feito com lonas de outdoor (destinadas ao aterro sanitário) permitiu alcançar um dos objetivos do projeto: promover a economia circular, dando uma segunda vida a este material.

O jogo de dominó está disponível para oferta às escolas interessadas (mediante levantamento no Centro de Ecologia Funcional – Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra, Calçada Martim de Freitas, 3000-456 Coimbra). A oferta é limitada ao stock existente.

Tangram

No caso do Jogo de Tangram, os participantes foram convidados a criar imagens de animais como a tartaruga, o coelho/lebre, a borboleta, o morcego, o pato, o cavalo, a ave e o peixe com as peças disponibilizadas em forma de triângulo, quadrado e paralelogramo. Posteriormente incentivavam-se os alunos a construir novas imagens como um barco, uma hélice de moinho de vento, um esquilo ou uma árvore. A capacidade de colaboração foi também fomentada através do trabalho em equipa.

       

Jogo Mapa de Portugal

Jogo constituído por um mapa de Portugal impresso, que pode ser pendurado e utilizado no exterior das salas de aula e em que se evidenciam alguns rios para ser mais fácil a identificação de cada SIC/ZPE do projeto.

Os alunos tinham alguns discos com desenhos de fauna e flora característicos de cada SIC/ZPE, relacionado o habitat à espécie que tinham em mãos, assinalando no Mapa de Portugal.

Sendo algumas das espécies endémicas das SIC/ZPE, como por exemplo o lobo-ibérico, Jasione lusitanica, mexilhão-do-rio, morcego-de-ferradura-grande — foram explorados os motivos desse endemismo. Foram também abordadas medidas de preservação e questões de poluição e degradação.

Foi desenvolvido um Manual de Apoio para a aplicação do Jogo de Memória e do Mapa de Portugal que pode ser consultado AQUI.

Jogo interativo de memória

O jogo tem como objetivo relacionar imagens de fauna e flora com habitats da Rede Natura 2000 do Projeto “Todos na Rede (Natura 2000)” –  Zonas de Proteção Especial (Paul de Arzila) ou Sítios de Importância Comunitária (Rio Minho, Litoral Norte, Barrinha de Esmoriz, Rio Vouga, Dunas de Mira, Gândara e Gafanhas e Serra da Lousã), estimulando ao mesmo tempo a memória dos jogadores.  

O jogo apresenta 3 graus de dificuldade (fácil, médio e difícil), dependendo do número de cartas em jogo.

O número de jogadores pode ser somente de um mas também é possível jogar com 2 ou mais elementos.

Consulte as páginas 7 e 8 do  Manual do Programa Todos na Rede para mais informações acerca do Jogo.

Como jogar: 

Descarregue o jogo no computador;

Abra o ícone MemoryCard

e clique em Play! 

Na barra inferior aparecerá a indicação do Sítio de Importância Comunitária (SIC)/Zona de Proteção Especial (ZPE) que está em jogo. A carta da fauna ou flora que aparecer, deverá ser associada à carta correspondente: ou pertence à SIC/ZPE (carta verde) ou não pertence à SIC/ZPE (carta vermelha).

No final do jogo clique em Tentar novamente e prossiga com outra SIC ou ZPE.

QUIZZ

   

Foi desenvolvido um conjunto de 50 perguntas que articulam conceitos das ciências naturais, geografia e história, a ser aplicado em equipas.

O QUIZZ está disponível AQUI

Caso pretenda obter o Quizz em Braille, por favor não hesite em contactar através do e-mail: todosnaredenatura2000@gmail.com

Os alunos do secundário foram convidados a explorar as ZPE e/ou SIC da sua região participando no concurso de fotografia. As fotografias enviadas para o concurso foram seleccionadas para figurar nos calendários de parede 2020.

1º lugar:

“A Ponte do Outono” – Reserva Natural do Paul de Arzila
Grupo AFGM – Escola Nº 2 de São Silvestre – Coimbra

2º lugar:

“O Miradouro” – Reserva Natural do Paul de Arzila
Grupo Os Tundras – Escola Nº 2 de São Silvestre – Coimbra

3º lugar:

“O habitat das Aves” – Reserva Natural do Paul de Arzila
Grupo A Natureza – Escola Nº 2 de São Silvestre – Coimbra

4º lugar:

“Depósito Terrestre” – Sítio Serra da Lousã
Grupo Eco-Fotos – Escola Secundária da Lousã

5º lugar ex aequo

“Flor Ardente” – Sesimbra
Grupo Flora Exploradores – Escola Secundária Marques de Castilho – Águeda

“Caminho das Árvores” – Reserva Natural do Paul de Arzila
Grupo Os Plantas – Escola Nº 2 de São Silvestre – Coimbra

Escolas Keepers

No âmbito do projeto KEEPERS podemos destacar as escolas e instituições dos concelhos de Anadia, Aveiro, Góis, Mealhada, Olhão e Vila Nova de Famalicão que desenvolveram os seguintes projetos:

Criação de um Trilho Pedestre em QR Codes que estará patente nas Placas Sinaléticas do Parque Natural da Ria Formosa – Prof.ª Maria Manuela Valentim – Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria – Olhão — Consulte o vídeo AQUI.

Construção de ninhos; sementeira de plantas autóctones para plantação; ações de limpeza
Prof.ª Lúcia Ferreira – EB de Casal Comba – Mealhada — Conheça AQUI os resultados.

Construção de ninhos
Educadora Regina Coutinho — Jardim de Infância do Carqueijo – Mealhada (apresentação a disponibilizar em breve)

Utilização do junco e do bunho existentes na Lagoa de Torres, para elaboração de objetos, como forma de dinamizar culturalmente o património vivo da aldeia
Prof.ª Ana Cláudia Freire – EB de Vilarinho do Bairro – Anadia — Conheça AQUI os resultados.

Criação de um jardim no “pátio da leitura”
Prof.ª Manuela Monteiro – Escola Básica e Secundária de Anadia — Conheça AQUI os resultados.

Estudo do ecossistema do Tritão-de-ventre laranja (património biológico local)
Prof.ª Sónia Barreiras – EB 2,3 Júlio Brandão – Vila Nova de Famalicão. Conheça AQUI os resultados.

Criação de um livro infantil sobre áreas da Rede Natura 2000
Educadora Mafalda Norte – Centro Social Paroquial da Vera-Cruz – Aveiro. Conheça AQUI os resultados.

Criação de um Borboletário
Educadora Conceição Alcaide – Jardim de Infância de Alvares – Góis. Conheça AQUI os resultados.

Materiais de Apoio

Caso pretenda conhecer melhor as dinâmicas implementadas ao longo das sessões, consulte o Manual de Instruções disponível AQUI